Sábado, 22 de Agosto de 2009

PARABÉNS, SARRABAL! (VALUPI)

                       

 
O meu convidado de hoje na «festa» do Sarrabal (o último), assina os seus textos com um pseudónimo: Valupi, bem conhecido na blogosfera, quer queiram, quer não – alguns não.
 
Tanto quanto sei, por tantas vezes dito e repetido, o pseudónimo tê-lo-à perfilhado a partir do nome de alguém – uma mulher, creio – que muito o sensibilizou ou deslumbrou. O resto, se o há, fica no segredo dos deuses. Valupi é o Valupi do Aspirina B e está tudo dito.
 
Ultimamente na «especialidade» de comentador político, consegue, diariamente, colocar no seu blog textos assinados por si, num ritmo que faz inveja (calculo) à maioria dos nossos bloggers. Abordando temas actuais, pertinentes, escritos numa clareza de ideias e de estilo que deslumbra, principalmente, a quem, como eu, tem a paixão da escrita.
 
Para o Valupi, que considero um consagrado intelectual, o acto de escrever parece ser idêntico ao de respirar. Aliás, é forçoso que o diga, não é de todo fácil para mim elaborar uma introdução como esta, para falar do exemplo brilhante de alguém que parece dar-se por inteiro à tarefa de bem escrever.
 
Tem amigos e inimigos. Seguidores e opositores. Quem lhe dê força para continuar a escrever os posts que escreve, e quem tente que mude o rumo à sua forma de pensar. Assim se consagra como um nome respeitado da nossa praça e nunca derrotado (?) perante argumentos alheios.
 
Com calma, classe, imperturbável, com um certo humor, responde aos comentários mais agressivos. Com calma, classe, imperturbável, com um certo humor, agradece os comentários simpáticos de quem também sabe o que diz.
 
Sempre achei o Valupi uma pessoa de uma inteligência pouco vulgar. Brilhante na erudição dos seus escritos, políticos ou não. Fraterno e amável na lidação com os outros. Assim o foi e é comigo. Se há (houve) alguma dúvida da minha parte, um dos seus textos (já lá vão dois anos) veio mostrar-me que sabe, ao mesmo tempo, guiar-se pela razão e pelo coração. O que não é vulgar.
 
Durante quatro meses (de Março a Julho de 2007) fui colaboradora do Aspirina B. Boas e menos boas recordações. Mas um nome ficou na minha memória afectiva: o do Valupi.
  
Resta-me estender, pela última vez este ano, a passadeira vermelha. Valupi, meu amigo, és tu quem vai encerrar este ciclo de «presentes literários» e de «festa». Podes avançar. O teu texto (e olha que texto) vem já a seguir!
 
Soledade Martinho Costa
 
A PISCINA DA SOLEDADE
  
 
 

A Soledade entrou no Aspirina B pela mão do José do Carmo Francisco. Este, pela mão do Fernando Venâncio. Este, pela minha. E eu, pela do Luis Rainha. Ou, contado de outra forma, o Luis Rainha convidou-me para fazer parte do grupo fundador donde nasceu o Aspirina B. Em Janeiro de 2006, dois ou três meses depois da inauguração, propus a esse grupo fazer-se o convite ao Fernando. Várias pessoas entraram nessa 1ª leva de mudanças no elenco, e o Aspirina B ficou diferente. A sua natureza, poucos meses depois, voltaria a mudar, com várias saídas e entradas. E assim até hoje, com sucessivas alterações na equipa de autores, como é frequente nos blogues colectivos. Para nossa sorte, a Soledade fez parte da casa durante um breve, mas muito intenso, período. Estamos-lhe gratos ― e vaidosos.

 

O que é um blogue? Dependendo da experiência de vida, e da relação com a Internet, cada um terá a sua concepção. Não há consenso, e ainda bem. Mas é frequente, para quem se inicia no meio, encontrar analogia entre os blogues e os jornais ou revistas. Apenas o veículo seria diferente, de suporte digital, mas o estatuto e os objectivos os mesmos, dizem alguns. Outros pensam o contrário: um blogue é um espaço de expressão pessoal, não regulado por qualquer etiqueta, moral ou deontologia. É um espaço informal, não convencional. Ora, quando se juntam antagónicas perspectivas num colectivo, os conflitos são inevitáveis. E foi isso que imediatamente aconteceu com a Soledade, tendo ela recebido um baptismo de blogosfera extremamente animado, feérico. A sua cultura não se conciliava com a cultura do Aspirina B, cada uma com maturidades e horizontes diferentes para explorar, o que veio a revelar-se providencial: o Sarrabal começava a nascer.
 
Alguns dos melhores momentos que passei no Aspirina B estão associados às conversas e brincadeiras que resultaram da presença da Soledade. Como ela sempre alinhou com excelente humor e galhardia, atingiram-se picos de graça inesquecíveis e homéricos. E criou-se um mito à volta de uma entidade ainda hoje misteriosa para o comum dos mortais: a piscina da Soledade. Alguns investigadores afiançam que ela nunca existiu, apenas ilusão de óptica para caminhantes no deserto urbano. Alguns eruditos pretendem ver nessa referência uma alusão simbólica a tesouros escondidos, fontes de juventude. E alguns simples, onde me incluo, sabem que a piscina da Soledade existe sempre que nos atrevemos a mergulhar nas suas plácidas e refrescantes palavras. Que inveja que eu tenho da piscina da Soledade...
 
 VALUPI
 
publicado por sarrabal às 18:15
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. DIA DE TODOS OS SANTOS - ...

. CONHECER ALVERCA DO RIBAT...

. CONHECER ALVERCA DO RIBAT...

. CONHECER ALVERCA DO RIBAT...

. PARABÉNS SARRABAL!

. ALVERCA DO RIBATEJO «CIDA...

. HOMEM DO MAR

. SÃO PEDRO - PADROEIRO DE ...

. GAYS - O ETERNO DILEMA

. CALENDÁRIO - MAIO

. PASCOELA - ORIGENS E TRAD...

. VIGÍLIA PASCAL - BÊNÇÃO D...

. A HORA EXACTA

. SEGREDOS

. ANO NOVO!

. FELIZ NATAL!

. ALVERCA DO RIBATEJO ANTIG...

. ALVERCA DO RIBATEJO ANTIG...

. ALVERCA DO RIBATEJO ANTIG...

. ALVERCA DO RIBATEJO ANTIG...

.arquivos

. Novembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO