Domingo, 24 de Janeiro de 2010

SEGREDOS - FRANCISCO LYON DE CASTRO - O PATRIARCA (I)

  

Comecei a escrever para crianças (depois do meu primeiro livro de poesia) por sugestão de Isabel da Nóbrega, na altura companheira de José Saramago, também ela autora para a infância. Em conversa, na Associação Portuguesa de Escritores, disse-me: «Porque não começa a escrever para crianças? Somos poucos (nem seriam) e os livros infantis são tão importantes!»

 

Segui o conselho. Em casa escrevi para os meus filhos. Resultou. Continuei a escrever e já com dois textos terminados (elaborei uma colecção) resolvi contactar a Editorial Verbo. Fui recebida por Manuela Couto Viana, por essa época a dirigir as várias colecções infantis da Editora. Que sim, o trabalho agradava, mas teria de esperar algum tempo. Eu tinha pressa. Queria ver os dois primeiros livros editados (os restantes viriam depois). Para um autor, esperar é um castigo. Recusei. Manuela Couto Viana alertou: «Ainda vai arrepender-se. A Verbo é uma grande Editora.» E era. E arrependi-me.
 

Procurei a Plátano Editora, nesses anos voltada para a literatura infantil. Aqui, foi António Torrado quem me recebeu. Ao passar os olhos pelos textos e posto ao corrente da minha ideia, mostrou grande interesse. Marcou-se a data para a publicação e fiquei de assinar o contrato – que começou a tardar em vir parar-me às mãos.
 
Uma vez mais na Associação Portuguesa de Escritores, ao falar neste projecto, um dos presentes avisou: «Tenha cuidado. A RTP iniciou um programa para crianças parecido com a sua ideia. Veja!» E vi. E chorei. 
 
Tratava-se do Fungagá da Bicharada. E ouvi, na voz de Júlio Isidro, os meus textos, ditos na íntegra, em mais do que um programa – sem o nome do seu legítimo autor: o meu!
 
Apresentei queixa na Sociedade Portuguesa de Autores. Fui ao Lumiar na intenção de falar com o director do Departamento de Programas Infantis e Juvenis da RTP. Quem era ele? António Torrado! Não merecia a pena voltar à Plátano.
 
O programa foi suspenso durante semanas. Os meus textos encontrados numa das gavetas da secretária de Torrado: os do primeiro livro, que serviram ao programa, e os do segundo, já destinados para um programa diferente, também ele apresentado por Júlio Isidro. Os meus textos, a minha ideia, tinham «voado» da Plátano para a RTP! Manuela Couto Viana bem me avisou…
 
Fiquei tão decepcionada com os editores (constatei depois que nem todos eram desonestos), que optei por fazer uma edição de autora. Escolhi a Parceria A. M. Pereira para minha distribuidora.
 
As coisas correram bem. Publiquei três títulos da colecção e outros dois que não faziam parte dela. Sozinha, tratava de tudo: ilustrações (a cargo de José Cosme e Zé Manel), escolha de papel, tipo de letra, formato do livro, revisão de provas, acompanhamento do trabalho na gráfica, até me chegar às mãos o objecto ambicionado: o livro. 
 

Por esses anos, a FIL organizou uma exposição dedicada ao livro infantil e juvenil. A minha distribuidora não tinha pavilhão na FIL. Não hesitei. Telefonei para as Publicações Europa-América. Falei com o director dos Serviços Comerciais, Eduardo Lyon de Castro. Expliquei-lhe que pretendia colocar os meus livros num dos seus pavilhões, caso concordassem. Veio a pergunta: «Vem da parte de quem?» Respondi: «Da parte de ninguém. Os meus livros vendem bem nas vossas livrarias, daí a ideia.» Iria informar-se e depois dar-me-ia uma resposta.
 
Dias volvidos, um telefonema. Eduardo Lyon de Castro (com o tempo um bom amigo) convidava-me a entregar dez exemplares de cada título – nessa altura tinha publicado cinco.


Pouco tempo depois, voltou a telefonar-me. Marcámos um encontro na FIL. Até aí eu não conhecia pessoalmente Eduardo Lyon de Castro. Achei-o uma simpatia: afável, simples, um homem bonito. Todos os meus livros, informou-me, haviam sido vendidos. O facto de não serem uma edição da Europa-América tinha suscitado alguma surpresa – mais precisamente, originado algumas visitas ao pavilhão: «Porquê os livros da Soledade aqui?» E a explicação: «Porque a Editora assim o entendeu.» Fizemos contas. Recebi dinheiro.
 
Umas duas semanas volvidas, novo telefonema. Desta vez, tratava-se de um convite: uma reunião com Francisco Lyon de Castro, o fundador das Publicações Europa-América. No dia do encontro, Eduardo (sobrinho do grande patriarca da Editora), esperava-me à porta da livraria da Marquês de Tomar.

         

                                               Soledade Martinho Costa

                                

                                                              

                                                        

                                                                        Ilustração de Zé Manel

 

 

publicado por sarrabal às 18:27
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De garatujando a 24 de Janeiro de 2010 às 19:46
Do que sei, a estória que a SOLEDADE aqui conta, é a ponta do iceberg que se move no submundo da cultura, nomeadamente da Literatura. Nessa área, a par de pessoas de comprovada honestidade, pontificam personalidades bem conhecidas, que usam de processos nem sempre lisos, tendo em mira a satisfação dos seus interesses pessoais
O que consigo se passou, SOLEDADE, certamente lhes serviu de emenda.
O seu post é um aviso aos incautos.
Abraço amigo
Carlos Ferreira


De sarrabal a 24 de Janeiro de 2010 às 21:13


Não sei se lhes terá servido de emenda, Carlos. Duvido muito. No submundo da Literatura, como diz, são frequentes, infelizmente, casos como aquele que relato e se passou comigo. Confiar é sempre um risco, sobretudo, quando verificamos que os desonestos andam por aí, impunemente, a mostrar a pouca importância que dão à sua desonestidade.

Abraço

Sol



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. LEMBRAR AMÁLIA

. PARABÉNS SARRABAL - E VÃO...

. CERTEZA

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

. CALENDÁRIO - MARÇO

. CARNAVAL - A MÁSCARA

. TODOS OS LUGARES SÃO TEUS

. BOLO-REI - ORIGENS

. A VIAGEM DOS TRÊS REIS MA...

. FELIZ NATAL E BOM NOVO AN...

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO