Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

BORDA-D'ÁGUA - A VINDIMA II

 

 

Até à vindima, efectuada nos finais de Setembro, princípios de Outubro, a resultar no vinho, na água-pé, na jeropiga e na aguardente, que fazem o sabor e o apreço na transparência do copo, muita foi a canseira, a sabedoria e a arte dos homens.
 
 
Em Dezembro, Janeiro ou Fevereiro a vinha é podada. Há quem ponha a videira com «vara» («vinha à vara») – quase sempre quando se trata de uma vinha forte - , deixando-se na videira, geralmente, nove «olhos» (para rebentar em Março ou Abril), segurando-a com uma espécie de argola feita também de vide, para «não tombar». A esta operação dá-se o nome de «empar», dizendo-se que «a videira não foi (ou já foi) empada».
 
 
Outra forma de podar a vinha consiste no chamado «talão» (utilizado nas vinhas mais fracas), deixando apenas três «olhos» - para dar cachos maiores, segundo dizem, «com seis cachos garantidos por videira…».
 
 
Chegado o mês de Março a vinha é cavada e enxofrada (quando o cacho começa a aparecer), para «aquecer» (crescer mais rapidamente), operação que se repete até quase ao fim da vindima.
 
 
A vinha é ainda sulfatada, em número maior ou menor de vezes, dependendo das condições atmosféricas. Antigamente em várias operações, agora numa só, com o enxofre, hoje molhável (outrora apenas em pó), que se junta ao sulfato. Nesta operação utiliza-se, regra geral, a «tropilha» – em tempos ainda não muito distantes, a enxofradeira, quando a videira apresentava poucas folhas, ou o fole, sempre que as parras eram abundantes. Na tarefa seguinte, marcada para o mês de Maio, procede-se ao «desladroar» a videira (retirar-lhe os rebentos verdes, que enfraquecem a cepa velha).
 
 
 
Pelo São João (Junho) verifica-se a «desponta», ou «desfolha» (a que chamam «podar em verde»), para retirar as pontas das vides, de modo a isolar as videiras umas das outras e limpá-las das «gavinhas» (elos enrolados em espiral, conhecidos, na linguagem popular, por «abraços»).
 
Se o ano for de chuva, a vinha ganha com facilidade o míldio – doença que impede a maturação da uva, a dar pelo nome de «ferrugem» ou «mil-diabos» – sendo necessário sulfatá-la mais vezes. Afirma quem sabe, que a vinha, para ser uma boa vinha, terá de plantar-se o bacelo bravo em Janeiro.
 
Quinta da Bela Vista, Parada de Todeia, Paredes.
 
Em Janeiro ou Fevereiro do ano seguinte deve a vinha ser escavada, retirar-se a terra ao redor do pé do bacelo e colocar-lhe um «garfo» (vide de videira mansa), atado com ráfia, para enxertar, cobrindo bem com terra macia, de modo a rebentar em Maio.
 
 
Recado da Vinha (Beira Litoral):
 
Poda-me em Janeiro
Empa-me em Fevereiro
Cava-me em Março
Em Abril deixa-me dormir
Em Maio dá-me um arrendasso
E depois verás o que eu faço.
 
 
Soledade Martinho Costa
Do livro “Festas e Tradições Portuguesas”, Vol.VII
Edição Círculo de Leitores
publicado por sarrabal às 01:36
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De RicardoN a 15 de Outubro de 2008 às 19:07
Oi. Prémio para si no «Golfinho Alegre» (http://golfinhoalegre.blogspot.com). Passe lá!

Melhores cumprimentos



De sarrabal a 16 de Outubro de 2008 às 01:08
Edu:

Já passei. Mais uma vez muito grata. Deixei comentário. AmanhãIrei buscar o prémio, hoje não tenho tempo. Vim aqui num pulo! Como disse, tu é que és uma simpatia. E uma alegria também, não é só o Golfinho. Ou o Golfinho serás tu?

Abraço da Sol


De Rui Vasco Neto a 16 de Outubro de 2008 às 02:28
Poda-me em Janeiro
Empa-me em Fevereiro
Cava-me em Março
Em Abril deixa-me dormir
Em Maio dá-me um arrendasso
E depois verás o que eu faço.

Verás como sei pagar
com juros de cento inteiro
o trabalho de podar
que tiveste em Janeiro.

Verás como o teu cavar
de Março, tão dedicado
vai dar ao mundo a provar
um néctar mais apurado

E num pingar de magia
dou-te pinga que inebria
espírito em gotas mil
para que bebas dia a dia
numa malga de alegria
o meu soninho de Abril

E quando chegar o Maio
do arrendasso do escol
que vai ficar no final
é dançar o verde gaio
e beber o bom tintol
que se faz em Portugal.

É assim ou não é, minha boa amiga?
:-)

rvn


De sarrabal a 16 de Outubro de 2008 às 03:19
Caro Rui:

Grande (ou ganda?) surprêsa! É assim, sem dúvida nenhuma, meu amigo. E ainda gaba os meus poemas...Belo trabalho, Rui, está muito bom, muito bem trabalhado. Penso que há por aí muita inspiração, ou é sempre assim? Será o «ar» que se respira, agora, no Outono? Quando tempos atrás me chamou «rural» tinha razão. Olhe só esta «Vindima II»! Sim, porque já escrevi outra vindima há um ano, precisamente.
Vou pedir-lhe um favor, lembradinho neste preciso momento: permite-me que publique o seu poema? Eu sei que lhe vai custar dizer que não, mas tenho muita pena que fique só na caixa dos comentários; merece mais. Mas se entender que não, é não. Não fico melindrada, acredite, e até posso entender as razões.

Abraço da Sol


De Rui Vasco Neto a 16 de Outubro de 2008 às 18:28
minha amiga,
mata-me com mimos,é o que é.
esta gracinha não passa disso mesmo, apenas uma gracinha que saiu de rajada e não tem qualquer 'trabalho', de facto. nem revisão, sequer.
mas fico feliz que lhe tenha agradado, fará com este apêndice do seu poema (esse sim) aquilo que entender, foi feito em função do seu trabalho, está no seu blog e é seu.
aceite um beijo

rvn


De sarrabal a 16 de Outubro de 2008 às 20:26
Caro Rui:

Fiz a vontade a mim própria. Tomei as suas palavras como consentimento e o resultado está no post!
Espero que agrade...

Abraço grato da Sol


De RicardoN a 16 de Outubro de 2008 às 16:38
Oi. Obrigado pela sua simpatia. Eu e o golfinho trabalhamos em conjunto para fazer o «Golfinho Alegre». Embora o golfinho seja apenas um símbolo , claro!

Melhores cumprimentos


De sarrabal a 16 de Outubro de 2008 às 20:29
Edu:

Já fui buscar a «prenda». Por estes dias fica no Sarrabal! Mais uma vez, grata pela simpatia, tua e do Golfinho!

Abraço da Sol.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. A CONTRACAPA DE «O NOME D...

. O MEU NOVO LIVRO «O NOME ...

. A VOZ DO VENTO CHAMA PELO...

. ALGUMA COISA ACONTECE

. HISTORINHA - A TOUPEIRA E...

. CALENDÁRIO - AGOSTO

. LEMBRAR AMÁLIA

. PARABÉNS SARRABAL - E VÃO...

. CERTEZA

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO