Sexta-feira, 15 de Agosto de 2008

«DORMIÇÃO» DA VIRGEM MARIA

 
Neste dia, celebra a Igreja Católica diversas solenidades litúrgicas dedicadas à Virgem Maria, recordando a data da sua morte – a que se dá o nome de «dormição» –, situando a tradição antiga, quer escrita quer arqueológica, o seu falecimento, com pouco mais de sessenta anos, no monte Sião. Segundo a mesma tradição, o seu corpo repousou no vale de Josafat (entre Jerusalém e o monte das Oliveiras), perto de Getsemani, aldeia onde Jesus passou uma noite de agonia, ali lhe sendo preparada a sepultura.
 
Desde tempos remotíssimos que a fé universal da Igreja afirma que a Virgem ressuscitou como seu Filho e como Ele não permaneceu na Terra, erguida aos céus à semelhança da graça e privilégio que lhe foram concedidos, isto é, «que a Imaculada Sempre Virgem Maria, terminado o seu curso de vida terrena, foi assumpta em corpo e alma à Glória Celestial».
 
 
FESTA DA SENHORA DA SALVAÇÃO EM ARRUDA DOS VINHOS
 
 

Além das celebrações litúrgicas que lhe são consagradas, muitas são, também, as festividades que têm lugar de norte a sul do País em louvor de Maria, sob as suas várias invocações. É o caso de Arruda dos Vinhos (Estremadura), com a festa da sua padroeira: Nossa Senhora da Salvação.
 
Igreja matriz de Arruda dos Vinhos
 
Antecedida por uma novena de oração, pregação e louvor, que finaliza sempre com o hino em honra da Senhora, a festa é anunciada ao povo, tradicionalmente, ao meio-dia do dia 24 de Junho (dia de São João), com o toque festivo dos sinos e o lançamento de foguetes. No dia 15 de Agosto celebram-se duas missas: a missa solene ao meio-dia e a missa que antecede a procissão (17 horas), chamada a «missa dos forasteiros», dedicada a toda a população de Arruda, mas, particularmente, aos visitantes.
 
 
Na procissão desfila apenas o andor com a imagem da Senhora da Salvação, peça valiosíssima em talha dourada de ouro fino do século XVIII. A Senhora possui um pequeno tesouro, composto por diversos objectos de ourivesaria, provenientes das ofertas dos fiéis. Actualmente, as ofertas em ouro somam apenas duas ou três peças por ano. As restantes, constituem-se por velas, flores e dinheiro, colocado no andor, «pregado» com alfinetes no manto da Virgem.
 
Interior da igreja matriz de Arruda dos Vinhos
 
A imagem deixou, entretanto, de ostentar o seu ouro, optando-se pela sua exposição, nos dias da festa, em vitrinas dispostas para esse efeito na igreja matriz. Da parte profana destacam-se as típicas largadas de touros, realizadas diariamente (à excepção do dia 15), acrescentadas à festa, segundo parece, no final do século XIX.
 
Pega de Caras
 
O convívio gerado nas pequenas tertúlias, concebidas para animação das largadas, os almoços colectivos e as três corridas de touros em pontas, realizadas na praça de touros de Arruda dos Vinhos, são outros tantos atractivos a chamar à festa quer a população local quer os visitantes.
 
A origem das festividades, de acordo com a tradição, conta que nos finais do século XV a vila terá sido poupada à peste, levando D. Manuel I e a sua corte a refugiarem-se naquela localidade. O rei terá, então, mudado a invocação primitiva de Santa Maria de Arruda para a de Nossa Senhora da Salvação – embora, em documentos se afirme, que a mudança se verificou em 1531, quando da reedificação da igreja matriz. Outra tradição que se mantém, consiste em, pelo menos uma vez na vida, as crianças nascidas das famílias de Arruda participarem na procissão vestidas de anjinho.
 

 

Representando as espigas de trigo e os cachos de uva, o pão e o vinho – Jesus Cristo na Última Ceia simbolizou no pão a representação do Seu corpo e no vinho a do Seu sangue –, é natural que os belíssimos mantos da Senhora da Salvação se apresentem ricamente bordados com cachos e espigas a lembrar, ainda, o ambiente rural de Arruda, especialmente as suas vinhas, das quais provém o seu apreciado vinho.
 
Soledade Martinho Costa
                                 

                           

 
Do livro “Festas e Tradições Portuguesas”, Vol. VI
Ed. Círculo de Leitores
publicado por sarrabal às 00:08
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De "Cantinho Da Florinda" a 15 de Agosto de 2008 às 11:30
Olá!
Estive a ver o seu blog e acheio muito fixe, meu nome é Florinda e digo-lhe que desejo-lhe um bom dia santo, e agradecer-lhe por ter feito essa linda explicação do dia de hoje pois não sabia que palavras utilizar, beijinhos e um bom fim de semana.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

. CALENDÁRIO - MARÇO

. CARNAVAL - A MÁSCARA

. TODOS OS LUGARES SÃO TEUS

. BOLO-REI - ORIGENS

. A VIAGEM DOS TRÊS REIS MA...

. FELIZ NATAL E BOM NOVO AN...

. OUTROS NATAIS

. UM OLHAR SOBRE A PAISAGEM...

. OUTRO MILAGRE

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Site Meter
blogs SAPO