Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

PARABÉNS, SARRABAL!

  

É verdade. Já passou um ano desde que coloquei o meu primeiro post no Sarrabal. Daí, os parabéns pelo seu primeiro aniversário. Duplo, devo dizê-lo, como irei explicar um pouco mais à frente.
 
Devo agradecer à equipa técnica do Sapo, ter chegado até aqui com alguns conhecimentos sobre o funcionamento dos blogs – embora continue a aprender. Todos têm sido de uma simpatia notável. Fica outro agradecimento à SiteMeter, pela prontidão em resolver pequenos problemas que são do seu âmbito. Excelente trabalho.
 
Por falar no contador do SiteMeter, devo dizer também que foi colocado no Sarrabal há perto de cinco meses. Não sei avaliar se é ou não positiva a contagem (ou, mesmo, se será fiável). Aqui ficam os números exactos até ao dia de hoje:
Visitantes: 4.252
Páginas lidas: 7.311
 
Ignoro o que se passa com os outros blogs. Se calhar, os meus números são reduzidos. Se calhar, não são. A questão é que não sei, nem estou interessada em saber. Para mim, o que verdadeiramente importa, é que tenho leitores e muitos deles leitores fiéis. Tão fiéis que, alguns, chegam ao ponto de visitar o Sarrabal diariamente – por vezes mais do que uma vez ao dia. O que me deixa absolutamente rendida e grata. É possível que muitos destes leitores não saibam como se obtêm tais conhecimentos. Mas o contador faz milagres! Evidentemente, que não conheço os visitantes (era melhor!), mas fica registado o nome das localidades onde residem. São essas localidades, algumas com nomes fora do comum, que fazem com que as decore facilmente.
 
De um modo geral, isto é, de Norte a Sul é Portugal que vem até às palavras que escrevo, incluindo a Madeira e os Açores. Não são pródigos nos comentários. Isso não. Os portugueses são reservados. Outras vezes, não sabem como devem fazê-lo. Para muitos, não parece tarefa fácil comentar os posts. Mas, na maioria, vêm só para ler. E espanto-me, ainda, quando os visitantes ficam a ler mais de duas horas seguidas bem contadinhas! Outros, cinco minutos chegam para a leitura, ou até menos. Há também quem faça a leitura com intervalos. Bom, e há aqueles que, sendo focados nos posts, agradecem pelo telefone. E os outros, os que contactam por email. Uns e outros sem fazerem comentários no blogue! Aqui fica a minha gratidão para todos eles. Principalmente, para os que me têm deixado escritas (ou dito) palavras simpáticas, enaltecendo o meu trabalho. Amigos, faço o melhor que sei!
 
Depois, outro espanto (nem falo nos visitantes do Brasil, quase tantos como os portugueses!). Falo dos visitantes que chegam ao Sarrabal vindos dos quatro cantos do Mundo (obrigada SiteMeter!): Argentina, Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, China, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Holanda, Inglaterra, Islândia, Itália, Indonésia, Japão, Luxemburgo, Luanda, Moçambique, México, Noruega, Suiça, Suécia, Tailândia, Kénia e Venezuela, entre outros países.
 
E pronto. Vamos lá, então, partir o bolo e cantar os parabéns!

 

                       Soledade Martinho Costa

                 

 
 
 
OUTRO ANIVERSÁRIO

 

 
 
Foi no dia 23 de Julho de 2007 que coloquei aqui, no Sarrabal, o primeiro post a lembrar que esta era a data do aniversário de Amália Rodrigues.
Se fosse viva, Amália completaria hoje 88 anos.
Falar de saudades, da sua voz, da sua humanidade, da sua simplicidade, creio que será repetir o que todos os portugueses sabem de cor. Dizer que Amália era uma mulher extraordinariamente inteligente, sensível, culta, a grande Embaixatriz do Fado no estrangeiro – lugar que nunca lhe será usurpado –, também não merece a pena; todos nós sabemos isso. Enaltecê-la como Poetisa, como Mulher e Figura Pública muito amada, nada vai adiantar.
Tenho nas minhas mãos uma fotografia que Amália me ofereceu uma noite em sua casa. Nela escreveu estas palavras: «Para uma romântica, de outra romântica e solitária – Amália».
Não me perguntem porque razão Amália teimava em achar-me romântica. Talvez fosse pela forma de falar. De pensar e de acreditar nos outros. Sim. Talvez fosse por isso.
O que fica da dedicatória é a outra palavra, a mais importante e significativa: «solitária». Era assim que Amália se sentia. Muito mais solitária, certamente, se sentiria no dia de hoje, se fosse viva.
 
Repito o que escrevi há um ano atrás (juntando um novo poema):
 
Para si, Amália, fica o poema que lhe dedico neste dia.
Com a admiração, a saudade e a amizade de sempre.
  
 
 
ATÉ AO FIM DE MIM
 
 
 Guitarra Portuguesa

  

 

De corpo e alma
Estou na tua frente
De corpo e alma e tua
Eis-me aqui.
 
Mas sem trazer comigo
Das palavras
As que te conte
As vezes que morri.
 
De corpo e alma
Estou na tua frente
À espera de te ouvir
Dizer porquê.
 
A razão desta mágoa
Deste canto
Desta voz que me deste
E reparti.
 
Que foi pela tua mão
Eu sei que foi
Que a vida me escolheu
E me mostrou
Uma estrada onde o fado
A mim prendi
Na solidão do meu nome
E de quem sou
Com franjas de mistério
E de destino
No xaile todo negro
Que vesti.
 
De corpo e alma
Estou na tua frente
A oferecer-te os meus passos
Já cansados
Que não de sonhos
Nem de fé em ti.
 
De corpo e alma e tua
Eis-me aqui
À espera do que diga
E do que faça;
Ser eu inteira
Até ao fim de mim.
 
 
Soledade Martinho Costa
 

 

publicado por sarrabal às 00:12
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Ana a 24 de Julho de 2008 às 19:36
Parabens a você :)


De sarrabal a 24 de Julho de 2008 às 23:16
Ana:
Agradeço com um beijinho. E pode ficar já com essa fatia do bolo!
Soledade Martinho Costa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. CALENDÁRIO - OUTUBRO

. 1 DE OUTUBRO - DIA MUNDIA...

. «O NOME DOS POEMAS»

. HISTORINHA - O MOCHO E A ...

. A CONTRACAPA DE «O NOME D...

. O MEU NOVO LIVRO «O NOME ...

. A VOZ DO VENTO CHAMA PELO...

. ALGUMA COISA ACONTECE

. HISTORINHA - A TOUPEIRA E...

. CALENDÁRIO - AGOSTO

. LEMBRAR AMÁLIA

. PARABÉNS SARRABAL - E VÃO...

. CERTEZA

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO