Quinta-feira, 28 de Maio de 2015

EXCERTO

Cópia de Cópia de IMG_3191.jpg

«Ao ler as palavras de alguns autores que escrevem crónicas, […] não tenho dúvidas de que pretendem esconder-se (ou pensam que se escondem) atrás da muralha de vidro que construíram (ou pensam ter construído). Ocultam, dos outros, quem são e o que querem parecer que não são. Para gerir este dilema, metem ombros à escrita, onde a ternura, o afecto, os sentimentos, a saudade, o amor se misturam com as recordações, gratas ou menos gratas, que lhes fizeram companhia ao longo da vida. E repartem-na com os leitores, servindo-se das palavras. Com elas, cativam-nos, enternecem-nos, fazem-nos render às suas confissões, sem que tenhamos a certeza da sua autenticidade, da sua verdade, da sua honestidade enquanto escritores. Concordo que «o poeta é um fingidor», para citar Pessoa. A frase aplica-se a todos aqueles que escrevem. Ainda assim, continuo a acreditar que há um lado que alguns autores pretendem ocultar dos seus leitores, servindo-se de uma escrita inventada – não sendo, ainda assim, ficção. […] Porque muitos dos seus actos desmentem as suas palavras. Porque há um homem (ou uma mulher) por trás de todos aqueles que escrevem. Provavelmente, pretendem ocultar a sua verdadeira personalidade, servindo-se de uma escrita bem-formada e vendável, com receio da análise que de si possam fazer aqueles que os conhecem enquanto pessoas. Isto é, aqueles que conhecem o seu carácter. […] Com tudo isto, o que acontece? Acabam por ficar de frente para o espelho, onde se reflecte o tiquetaque do seu coração. Mas não se reconhecem. Inventam-se nas palavras que não sentem (ou sentem pouco), mas escrevem por decisão pessoal ou por necessidade. Acredito que sejam capazes de «representar» até nas lágrimas de certas crónicas. No caso de um autor, devo dizer que não acho feio, antes bonito, um homem chorar (mesmo na composição de uma crónica) se as lágrimas forem verdadeiras. […] chorar não é sinal de fraqueza, como é do conhecimento geral. Além disso, ninguém sabe melhor do que o próprio autor aquilo que escreveu e a razão por que o escreveu. Quero dizer, gostava de não ter dúvidas acerca daquilo que alguns autores escrevem – quando, principalmente, escrevem certo tipo de crónicas. Para ser mais sincera, gostava de não ter dúvidas a respeito de quem gosto de ler. Penso que não se pode nem deve mentir ao leitor. Embora o homem seja o homem, com todos os seus defeitos, e o mesmo homem seja um escritor de mérito.»

 

Soledade Martinho Costa

Do livro «Uma Estátua no Meu Coração»

publicado por sarrabal às 00:15
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Maio de 2015

HOJE O DIA NÃO AMANHECEU

156049_368143423301456_992851638_n.jpg

 Uma flor para ti, FILIPE DIOGO.

 

S.M.C.

publicado por sarrabal às 10:12
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 9 de Maio de 2015

LÍDIA JORGE

 

lidia jorge ii.bmp

À míngua da chuva

Que os não veste

Ao Sol se abandona

A flor e o fruto.

 

Só da cigarra vem

O som que despe

No calor que se abriga

Em seu reduto.

 

Assim eu te comparo

Artesã acolhida em teu recanto

Na frágil aparência que te cobre

A tecer a força das palavras

Que em nosso olhar se espelha

E se descobre.

 

Soledade Martinho Costa

Do livro a publicar «O Nome dos Poemas»

 

publicado por sarrabal às 18:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17

20
21
22
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

. CALENDÁRIO - MARÇO

. CARNAVAL - A MÁSCARA

. TODOS OS LUGARES SÃO TEUS

. BOLO-REI - ORIGENS

. A VIAGEM DOS TRÊS REIS MA...

. FELIZ NATAL E BOM NOVO AN...

. OUTROS NATAIS

. UM OLHAR SOBRE A PAISAGEM...

. OUTRO MILAGRE

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Site Meter
blogs SAPO