Domingo, 26 de Janeiro de 2014

ONDE OS POEMAS

 

Que caminhos busquei

Que mos negaram

Que muros tacteei

Que mos ergueram

Que mundos descobri

Que mos calaram

Que algemas me impuseram

Que as vesti.

 

Em que espelhos

Revi a minha fronte

Em que sonos dormi

O meu cansaço

Em que chão

De escravos e de donos

Coloquei os poemas

Com que dantes

Meu punho virgem

Vestia de miragens.

 

Em que céus

De fábulas e contos

Em que sonhos

Crenças e vontades

Respiro ainda o milagre

Com que faço

Resplender

Com a luz dos diamantes

A escuridão

Dos dias calcinados.

 

Soledade Martinho Costa

 

publicado por sarrabal às 20:40
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 18 de Janeiro de 2014

CAPELA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE - LOULÉ

 

Fui visitar Nossa Senhora da Piedade à sua capela, em Loulé (Algarve). Levei-lhe flores e velas – e tirei-lhe este retrato!

 

 

A primitiva capela de Nossa Senhora da Piedade, em Loulé, foi edificada em 1553, no cimo de um outeiro, tendo ficado parcialmente destruída com o terramoto de 1755. Quando da sua recuperação em 1760, foram significativas as alterações a que foi sujeita, tanto no seu interior como no exterior. Datam dessa época as pinturas do tecto e o actual retábulo, atribuídos ao entalhador louletano João da Costa Amado. O douramento foi efectuado em 1764, supostamente, pelo pintor e dourador Diogo de Sousa e Sarre, que terá estofado ainda a imagem da padroeira. Trata-se de uma escultura em madeira, de pequenas dimensões (90cmx40cm), executada nos finais do século XVI ou inícios do século XVII. Nos finais do século XIX, com a reformulação da fachada principal, procedeu-se à execução de dez painéis figurativos nas paredes laterais da capela-mor e da nave, pintados sobre estuque, com cenas da Paixão de Cristo, trabalho da autoria do pintor farense José Filipe Porfírio.

 

Esta obra pictórica foi, ao longo do tempo, completa e lamentavelmente danificada pelo fumo das velas acesas no santuário mas, principalmente, pelos nomes e frases escritas pela mão de visitantes portugueses e estrangeiros, sobre as belíssimas pinturas, numa atitude de absoluto desrespeito pela arte e antiguidade que representavam. Esse facto levou ao encerramento da capela ao público durante alguns anos. Nos meados do século XX tem início a construção de um novo templo de grandes e modernas dimensões no mesmo local. (Como mostra a foto acima).

 

A capela primitiva, actualmente reconstruída (e, deseja-se, preservada de quaisquer vandalismos no que respeita às pinturas entretanto restauradas), encontra-se de novo aberta ao culto dos fiéis.

 

 

 A primitiva capela de Nossa Senhora da Piedade, agora reconstruida e aberta ao público

   

 Uma das pinturas, entretanto restauradas.

 

 

 Mais uma.

  

 E outra ainda.

   

Quando da edificação da moderna capela, foi construída a chamada «Casa das Velas». Ali são depositadas as velas dos crentes em louvor da Senhora ou em cumprimento de promessas.

 

  

A «Casa das Velas».

 

Popularmente designada por Mãe Soberana de Loulé, as festividades em louvor de Nossa Senhora da Piedade, uma das mais expressivas e singulares manifestações religiosas do Algarve, articula-se de duas formas distintas: a religiosa, no culto da fé, e a profana, na exuberante e liberal manifestação do povo. Primeiramente tem lugar a chamada «Festa Pequena», que consiste em trazer a imagem da Senhora, no Domingo de Páscoa, desde a sua ermida, no Cerro da Piedade, para a Igreja de São Francisco. Este cerimonial antecede a «Festa Grande», que se realiza quinze dias depois. Durante essa quinzena, a Mãe Soberana é exposta à devoção dos fiéis, que lhe rendem culto com vigílias, novenas e sermões. A «Festa Grande» dá-se quando a padroeira dos Louletanos regressa ao seu santuário, situado bem lá no alto, no monte santo, de onde se avista todo o concelho de Loulé.

 

Soledade Martinho Costa

 

(Fotos protegidas ao abrigo do código do direito de autor)

publicado por sarrabal às 19:08
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014

CALENDÁRIO - JANEIRO

 
Uiva a fome do lobo
Ao rés da alcateia.

A terra
Embala ao seio
O sono das sementes
Há cheiros
E rumores
De nozes e avelãs.

Janeiro
Acorda o canto
Das bicas do azeite.

Percorrem os Reis Magos
A coroa das romãs.
 
 
Soledade Martinho Costa
 
publicado por sarrabal às 00:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
21

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

. CALENDÁRIO - MARÇO

. CARNAVAL - A MÁSCARA

. TODOS OS LUGARES SÃO TEUS

. BOLO-REI - ORIGENS

. A VIAGEM DOS TRÊS REIS MA...

. FELIZ NATAL E BOM NOVO AN...

. OUTROS NATAIS

. UM OLHAR SOBRE A PAISAGEM...

. OUTRO MILAGRE

. «SEARINHAS» DE NATAL

. COMO SE FOSSE HERODES O M...

. NATAL - AS FOGUEIRAS DO M...

. CALENDÁRIO - DEZEMBRO

. VULTO DE UM PAÍS

. POETAS

. CALENDÁRIO - SETEMBRO

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Site Meter
blogs SAPO