Domingo, 5 de Agosto de 2007

UM OLHAR SOBRE A PAISAGEM : O ARCO-ÍRIS

  
Lá estão, no céu, as sete cores do arco-íris. Num semicírculo, deslumbram o olhar. É difícil saber onde começa uma e acaba a outra, de tal modo se encontram abraçadas. Trata-se de um segredo que o Sol e a chuva julgam bem guardado…
 
O vermelho: cor das papoilas que salpicam as searas pelo mês de Maio. Das cerejas e dos morangos aninhados nas suas camas de folhas. Do sangue e dos rubis. Mas a quem chamam rubro no crepitar das chamas, púrpura nas vestes dos cardeais e encarnado nas talhadas das melancias.
 
O laranja: cor do pijama que o Sol veste, por vezes, quando vai dormir. Das cenouras, a esconderem o rosto na fresquidão da terra. Das tangerinas e das laranjas de gomos a fazerem roda debaixo da casca. Mas também do coral e dos caranguejos que se arriscam nas redes dos pescadores.
 
O amarelo: cor do milho nas maçarocas, ansioso por se transformar em pão. Das ameixas, que gostam que lhes chamem rainhas-cláudias. Da giesta, a enfeitar os dias dos pastores. Dos narcisos, nos alegretes dos quintais. Mas também dos topázios e dos girassóis, altos, de cara redonda.
 
O verde: cor do mar quando está zangado. Do trevo dos prados. Dos lagartos, dos sapos e das rãs. Das avencas, que crescem nos sítios húmidos e discretos. Das palmeiras, das peras e das pinhas novas. Mas também das esmeraldas e da esperança, que nasce todos os dias no coração dos homens.
 
O azul: cor do céu, onde passeiam nuvens que lembram cavalos em galopes sem fim, ou navios que transportam tesoiros. Das miosótis. Dos mirtilos, a oferecerem-se nas árvores quando chega o Verão. Mas também das safiras e dos olhos dos meninos com cabelos de oiro.
 
O anil: cor das alcachofras que despontam nos campos. Das campânulas a treparem pelas paredes das casas. Entre o azul e o lilás, lá o temos nas opalas e nas pinceladas das pétalas das violetas brancas. Mas também nos cambiantes da madrepérola e nas hortênsias, que aguardam a Primavera para florir.
 
O roxo: cor das vestes do Senhor nas procissões da Páscoa. Dos jacintos, que emprestam o seu nome às pedras preciosas. Das beringelas, dos gerânios, e dos amores-perfeitos. Mas também das ametistas e da capa dos figos a escorrerem lágrimas de mel por entre as folhas das figueiras.
 
São as cores do arco-íris, a ligar o céu e a terra, suspensas sobre a folha de papel onde escrevo.
 
Soledade Martinho Costa
Do livro "Histórias que o Outono me Contou"
(Ed. Publicações Europa-América)
publicado por sarrabal às 20:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. CALENDÁRIO - OUTUBRO

. 1 DE OUTUBRO - DIA MUNDIA...

. «O NOME DOS POEMAS»

. HISTORINHA - O MOCHO E A ...

. A CONTRACAPA DE «O NOME D...

. O MEU NOVO LIVRO «O NOME ...

. A VOZ DO VENTO CHAMA PELO...

. ALGUMA COISA ACONTECE

. HISTORINHA - A TOUPEIRA E...

. CALENDÁRIO - AGOSTO

. LEMBRAR AMÁLIA

. PARABÉNS SARRABAL - E VÃO...

. CERTEZA

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO