Sábado, 7 de Abril de 2012

«O FOLAR DO PADRE» E O SIMBOLISMO DA LARANJA

 

Presume-se que «o folar do padre» tenha ligação com o antigo costume das «reconhecenças» e dos «afolares», que consistiam nos salários aos confessores, actualmente designados por «côngrua», ou «digna sustentação do pároco».

 

A praxe de se introduzir uma moeda numa laranja (símbolo da fecundidade, visto o seu interior se multiplicar, ao dividir-se em gomos) colocada sobre a mesa pascal, quando do «compasso» (visita do padre aos paroquianos na altura da Páscoa), poderá significar a prosperidade, em função do trabalho agrário, recompensado, materialmente, pela generosidade da terra fecundada.

 

Outra versão, numa visão mais sacralizada, associa a moeda ao «metal que matou Jesus» (por analogia às moedas e à traição de Judas), ou à tradição que nos fala de São Longuinhas, o soldado romano, convertido depois ao cristianismo, que atravessou com a sua espada o coração de Cristo, acto quase de misericórdia face ao seu sofrimento na cruz.

 

Uma terceira variante (Minho) refere que a laranja com a moeda cravada serviria, tão-só, como indicação para identificar as casas que «já tinham mandado entregar na igreja o folar do padre». Isto é, o sinal ao próprio pároco, no dia do «compasso», de que «o pagamento havia sido antecipado».

 

Existe também a suposição de este rito representar «um hábito judaico, para dar sorte e trazer abundância aos donos da casa».

 

A laranja simbolizará, igualmente, «o coração de Cristo», enquanto os ovos (imagem do início da vida) significam a Sua Ressurreição, ou seja, «o túmulo do qual Cristo ressuscitou, vencendo a morte».

 

Embora a praxe tenha caído em desuso, ainda hoje, em Cernache (Coimbra) e em certas aldeias da Beira Alta (arredores de Viseu e de Moimenta da Beira) se conserva o costume de colocar uma moeda actual (ou antiga, quando a há) cravada numa laranja, pêro ou maçã, e um prato com ovos sobre a mesa pascal.

 

O mesmo acontece em diversas localidades de Idanha-a-Nova, onde a moeda é cravada numa das laranjas que estão dispostas num prato ao lado de outro com ovos. Antigamente, dizem, «era o próprio padre que retirava a moeda da laranja».

 

Noutras aldeias da Beira Alta, em vez da moeda, espetam na laranja, colocada no centro de um prato com ovos, uma camélia. Para embelezar, dizem uns, como reminiscência da tradicional moeda, dizem outros.

 

Não é menos verdade que a escolha da laranja poderá estar relacionada com o facto de ser o único fruto que o Inverno nos oferece com abundância. Por isso se diz, ainda em Cernache, «as laranjas só são boas depois de abençoadas» – referindo-se o povo ao «compasso». Embora se possa relacionar o ditado, eventualmente, com a doçura do fruto: quanto mais para a frente, depois da Páscoa, mais doce a laranja será.

 

Em muitas destas aldeias, em anos relativamente recentes, o pároco deslocava-se à casa dos paroquianos, acompanhado de duas mulheres com canastras à cabeça, para nelas recolher o «folar», ou seja, as ofertas que lhe eram destinadas: milho, trigo, feijão e, principalmente, galinhas, escolhidas entre as melhores da capoeira – «a galinha do padre», ou «a galinha do folar». Principalmente na Beira Baixa, da comitiva do padre fazia parte um acólito que transportava uma bolsa de veludo destinada a recolher «o folar do padre» (dinheiro).

 

Hoje, em certos lugares, é costume o padre mandar entregar em casa dos paroquianos, dias antes da visita pascal, uma carta, com algumas palavras, onde expressa os votos de «Páscoa feliz», retribuindo quem a recebe com o usual «folar do padre», entregue depois na igreja.

 

Soledade Martinho Costa

 

Do livro «Festas e Tradições Portuguesas», Vol.III

Ed. Círculo de leitores

 

publicado por sarrabal às 02:35
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
21

23
24
26
27
28
29

30


.posts recentes

. ZECA AFONSO

. 23 DE ABRIL - DIA MUNDIAL...

. DEDICATÓRIA

. SEMANA SANTA - O GALO DAS...

. CELEBRAÇÕES DA QUARESMA -...

. CALENDÁRIO - MARÇO

. CARNAVAL - A MÁSCARA

. TODOS OS LUGARES SÃO TEUS

. BOLO-REI - ORIGENS

. A VIAGEM DOS TRÊS REIS MA...

. FELIZ NATAL E BOM NOVO AN...

. OUTROS NATAIS

. UM OLHAR SOBRE A PAISAGEM...

. OUTRO MILAGRE

. «SEARINHAS» DE NATAL

. COMO SE FOSSE HERODES O M...

. NATAL - AS FOGUEIRAS DO M...

. CALENDÁRIO - DEZEMBRO

. VULTO DE UM PAÍS

. POETAS

.arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

.links

.Contador

Site Meter
blogs SAPO