Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

PARABÉNS, SARRABAL!

   

   

Pois é verdade. O Sarrabal completa hoje três aninhos de idade!

 

Desde o dia 23 de Julho de 2007 até à presente data, muitos foram os posts aqui publicados. Perdi-lhes a conta. Mas sempre diversificados no teor, conforme é meu hábito. E sempre também elaborados com o mesmo prazer profundo que nutro pelo acto da escrita.

 

Penso que não merece a pena anotar, como tenho feito nos aniversários anteriores, o número de visitas e de páginas lidas que constam do meu «sitemeter». De início, deslumbrei-me, pouco habituada que estava a estas coisas da blogosfera. Agora é diferente. Quando os números ultrapassam os 100 mil, há apenas uma coisa a dizer: tendo em conta que neste blog não se fala de política nem de futebol, acho que posso dar-me por satisfeita. Concludente e importante é o número de leitores ser cada vez mais amplo. Dai, ter conhecido neste espaço virtual, gente simpática e generosa, que me tem testemunhado o seu apreço e a sua amizade. Para todos, o meu agradecimento. Bem-hajam!

 

Agora, quanto ao «bolo» que ilustra este terceiro aniversário do blog, obedeceu, fundamentalmente, a dois critérios. O primeiro: os bolos não fazem bem à saúde. O segundo: as flores fazem bem à alma!

 

Para ser mais precisa. Fiquei absolutamente deslumbrada com a originalidade e a criatividade deste «bolo» que nos alegra, nos enche de pensamentos positivos (tão em moda!), nos deslumbra pela beleza das suas cores e da sua inegável perfeição e bom gosto.

 

Pois não irá servir-se às fatias, não senhor. Pois não irá ser saboreado, não senhor (embora, aqui e ali, de mistura com as flores, surjam umas metades de laranjas, de uns kiwis, de uns limões). Mas que foi um grande «achado», lá isso, foi! Um bolo de aniversário – e logo de três aninhos –, todo confeccionado com flores (que adoro!), nem de encomenda! Desconheço o nome do seu autor, mas seja ele (ou ela) quem for, aqui fica a minha admiração pelo seu belíssimo trabalho.

 

E porque a palavra aniversário costuma ser sinónimo de prendas, vamos hoje fazer o contrário. Desta vez, vai ser o Sarrabal a oferecer algumas prendas (24) aos seus estimados amigos e leitores.

 

Em breve irei iniciar aqui no blog uma série de entrevistas que realizei há já 10 anos atrás, publicadas na revista «Notícias Magazine» do «Diário de Lisboa», mas que se mantêm absolutamente actualizadas – ou não sejam os entrevistados pessoas muito, mas muito especiais.

 

Da música, à literatura, à canção, ao teatro, à política, à ciência, vão desfilar por aqui 24 nomes de figuras públicas, que tive a honra e o privilégio de me concederem o seu tempo, a sua sabedoria e a forma de encarar a vida tal como a sentem e a sabem transmitir aos outros. Peço-vos que estejam atentos. Os nomes que escolhi bem merecem a vossa atenção. Todos iremos ficar a ganhar. Tenho a certeza. E mais não digo. 

 

Por agora, fica um abraço grato aos meus leitores. E se entretanto não desistir de continuar com o Sarrabal, marcamos novo encontro para o próximo ano neste mesmo lugar. Fica combinado?

 

Soledade Martinho Costa

                                         

 

                                

 

                                                                                                                 

                                  OUTRO ANIVERSÁRIO

                                                                                 

                              AMÁLIA FARIA HOJE 90 ANOS   

  

 

 

Busto da autoria de Joaquim Valente 

 

Porque Amália só por amor e respeito aos poetas portugueses os cantou e os divulgou pelos quatro cantos do Mundo, transcrevo  aqui um dos poemas do seu livro «Versos». À semelhança de muitos outros cantores (tantos!), Amália poderia ter interpretado, apenas, poemas de sua autoria. Fê-lo algumas vezes, mas não tantas quantas as que gostaríamos que tivesse feito. A si se bastava. Em voz, em sentimento, em sensibilidade, em inteligência, em poesia.

  

SE É VIDA, NÃO ME PARECE

     

Tinha duas mãos abertas

E o sentimento do mundo

Tenho agora as mãos desertas

E um desgosto profundo.

 

Se é vida, não me parece

A este acontecimento

Que tão pouco me apetece

Chamo eu aborrecimento.

 

P’rá vida ser tão cantada

Tem de ser melhor por certo

Não é decerto a maçada

Que eu tenho neste deserto.

 

É morte o que me acontece

E morta ainda me espanto

Da vida que não merece

Nem mesmo este desencanto.

 

Que vontade de chorar

Ai pranto de sete rios

Que ânsia de descansar

Amortalhada de estios.

 

Amália Rodrigues

 

Do livro «Versos»

Ed. Livros Cotovia

 

                      

 

                                              

publicado por sarrabal às 00:55
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De garatujando a 23 de Julho de 2010 às 18:56
Não poderia deixar passar esta data de aniversário do SARRABAL sem o meu abraço de parabéns à autora, ao mesmo tempo que lhe reafirmo o meu agradecimento pelos momentos muito agradáveis que me proporciona com os seus escritos, e pelos ensinamentos de deles retiro.
Estes três anos contêm em si todo um trabalho meritório em vários campos, como a poesia (a autêntica Poesia), a etnografia, os usos e costumes do nosso povo, o jornalismo, a crítica social em que frontalmente expõe as suas ideias e os seus conceitos de ética, toda uma soma de valores que infelizmente se vão perdendo num mundo em descalabro.
O SARRABAL distingue-se a grande altura na blogosfera, onde a linguagem rasteira, a degradação moral e a obscenidade constituem o deplorável panorama dominante.
Bem haja, pois, SOLEDADE, por manter este exemplo de dignidade e de bom senso, num meio onde a corrosiva falta de vergonha que - afirmo-o sem falso puritanismo - é o que mais se vê por toda a parte.
O abraço amigo de sempre
do
Carlos Ferreira


De sarrabal a 1 de Agosto de 2010 às 23:40
Carlos, são sempre tão agradáveis de ler as palavras que me dirige nos seus comentários, que fico sem saber como agradecer-lhe. Ainda bem que, como leitor, encontra no Sarrabal motivos de interesse. Já passaram três anos, é verdade. Como diz, os posts são variados. Veremos se irei continuar a merecer os seus elogios. Irei fazer por isso.

Abraço da Sol


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.posts recentes

. CALENDÁRIO - OUTUBRO

. 1 DE OUTUBRO - DIA MUNDIA...

. «O NOME DOS POEMAS»

. HISTORINHA - O MOCHO E A ...

. A CONTRACAPA DE «O NOME D...

. O MEU NOVO LIVRO «O NOME ...

. A VOZ DO VENTO CHAMA PELO...

. ALGUMA COISA ACONTECE

. HISTORINHA - A TOUPEIRA E...

. CALENDÁRIO - AGOSTO

. LEMBRAR AMÁLIA

. PARABÉNS SARRABAL - E VÃO...

. CERTEZA

. SÃO JOÃO - O SOL E AS PLA...

. PORTUGAL A ARDER - O FOGO...

. HISTORINHA - A ABELHA E O...

. ALGUÉM SE LEMBRA?

. SANTO ANTÓNIO - AS MARCHA...

. CANTO DO VENTO

. ZECA AFONSO

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.links

.Contador

conter12
blogs SAPO